DesportoNews24Sporting

Neto: Vínhamos de 12 vitórias seguidas e pensávamos na 13ª

Neto foi o capitão do Sporting em Amesterdão na ausência de Coates e falou de “sensações mistas” pela derrota do Sporting (4-2) ante o Ajax num encontro para o qual os leões entravam com o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões já alcançado.

“Vínhamos de 12 vitórias seguidas, pensávamos na 13ª e o míster montou uma equipa para ganhar e competir. Mas, consoante as circunstâncias, temos de ver que evoluímos muito ao nível de processos da equipa. Há que dar uma palavra a todos os miúdos que se estrearam e dar-lhes os parabéns. Este é o caminho do Sporting. Vínhamos para competir e tínhamos noção do que nos esperava. Os detalhes do jogo não nos favoreceram. Depois do 1-1 tivemos um pequeno ascendente. Estas equipas são letais na frente. Deixam de pressionar para aproveitar uma bola perdida”, constatou o defesa em declarações na conferência de imprensa.

A renovação do plantel e o papel de Neto

“Sinto que sou mais um dos jogadores que conhece a ideia do clube. Todos estamos imbuídos do crescimento. Não chega só o resultado. É preciso entender o projeto do Sporting. Sou mais um que entende isso e tenta ajudar. Eu próprio também gostaria de ter um Neto, Coates, Palhinha ou Adán nas costas de um miúdo de 17 anos para o ajudar. Para que eles consigam mostrar potencial que têm e o clube possa tirar dividendos no futuro desta aposta.”

Futuro na Liga dos Campeões

“Agora é jogo a jogo. Temos tempo para nos focarmos nas provas nacionais. Temos de carimbar a passagem na Taça da Liga, temos na Taça de Portugal um jogo difícil com o Casa Pia. Temos um mês de dezembro complicado. Há ainda muito para decidir. O míster diz muitas vezes que um resultado mau pode mudar tudo e nós sentimos isso. Lutamos com tudo e vemos todos os detalhes, quer seja com o Ajax ou com o Boavista. A nossa mentalidade tem de ser esta.”

Fonte: Record

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo