DesportoNews24Sporting

Paulo Bento aprova Rúben Amorim, saiba mais

Está a fazer um trabalho fantástico

 

Ex-técnico do Sporting, hoje o selecionador da Coreia do Sul, elogiou trabalho do treinador do Sporting

Paulo Bento, selecionador da Coreia do Sul, deixou elogios a Rúben Amorim, treinador do Sporting, revelando que sempre viu que podia vir a ser treinador. “Trabalhei com ele na seleção e era um jogador que apreciava. Podia ver que iria ser treinador, porque entendia o jogo. Tinha a capacidade de se adaptar a várias funções. Está a fazer um trabalho fantástico”, começou por dizer no programa ‘Grande Área’, da RTP 3.

O ex-treinador do Sporting, prestes a qualificar a seleção asiática para o Mundial’2022, lembrou os anos que passou em Alvalade e ‘analisou’ os técnicos que o sucederam. “Ao longo destes anos, alguns treinadores tiveram resultados no Sporting, mas não com o impacto que teve o Rúben, que à exceção da Taça de Portugal, ganhou todas as competições nacionais e logo no primeiro ano passou aos oitavos de final da Liga dos Campeões”, sublinhou o treinador de 52 anos, ele que levou os leões aos oitavos de final da Champions na temporada 2008/09, naquela que é a melhor prestação de sempre do clube na prova, com 12 pontos na fase de grupos.

“O Sporting também teve treinadores que, sem gastarem rios de dinheiro, fizeram bons trabalhos. Com o Leonardo [Jardim], foi uma das poucas vezes em que o Sporting ficou no segundo lugar depois de eu ter saído. O Marco [Silva] ganhou a Taça de Portugal contra o Braga e só não passou aos oitavos da Liga dos Campeões por causa daquele jogo frente ao Schalke, em que todos sabemos o que aconteceu”, atirou.

Vê Portugal no Mundial do Qatar

Selecionador de Portugal entre 2010 e 2014, Paulo Bento acredita que a equipa das quinas irá conseguir o apuramento para o Mundial’2022, no Qatar. “Creio que vamos discutir o playoff com a Itália e o fator casa pode pesar para o nosso lado. Espero que Portugal se qualifique. Temos muito talento e um leque de opções muito bom em todas as posições”, referiu.

Autor: Francisco Guerra, Record.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo