News24Porto

Pepe quer muito, mas não deve dar: o onze provável do FC Porto

Com Fábio Cardoso em campo, o FC Porto não sofre golos há quase 300 minutos, mas este será a maior teste em provas nacionais. Marchesín entra para a baliza e Grujic ficou fora dos convocados

Aos 27 anos, Fábio Cardoso prepara-se para disputar o seu primeiro clássico no futebol português. O central tem via aberta para o onze uma vez que Pepe muito dificilmente recuperará a tempo. O experiente internacional português voltou a fazer apenas tratamento e, sabe O JOGO, foi convocado por Sérgio Conceição, apesar de as hipóteses de ser utilizado serem bastante reduzidas.

Pepe quer muito ajudar o clube neste jogo importante e está a fazer os possíveis por estar em condições, mas a situação, neste momento, não é muito favorável.

Quem não seguiu sequer para estágio foi Grujic. O sérvio, baixa surpresa contra o Vizela, manteve o regime de treino condicionado devido a um problema muscular, e ainda não está em condições de defrontar os encarnados no primeiro do dois clássicos seguidos.

Voltando ao eixo defensivo, a decisão final sobre Pepe só será tomada em cima do apito inicial, como aconteceu na receção ao Braga, em que foi utilizado, mas só “aguentou” 29 minutos.

Tudo indica, porém, que seja Fábio Cardoso o parceiro de Mbemba. Uma dupla que tem ganho rotinas nos últimos tempos e que tem demonstrado bastante solidez. Basta atentar aos números: nos 487 minutos em que ambos estiveram juntos em campo, distribuídos por seis jogos, o FC Porto não sofreu golos em metade das partidas. E se olharmos apenas para as competições nacionais, só encaixou dois golos: contra o Feirense, na goleada por 5-1, e no triunfo por 2-1 sobre o V. Guimarães. E neste caso, na sequência de uma grande penalidade.

De resto, no setor defensivo há alteração prevista em relação ao último jogo: a entrada de Marchesín, que esta época é o guarda-redes nas partidas da Taça de Portugal, para o lugar de Diogo Costa.

É praticamente certo que Sérgio Conceição vai mexer na baliza, mas é possível que as alterações não se fiquem por aí. Além da problemática no eixo defensivo – em que Mbemba é o único com lugar cativo – existe a possibilidade de uma troca no meio-campo. Sérgio Oliveira, que há um ano abriu o marcador na decisão da Supertaça Cândido de Oliveira, pode surgir no onze no lugar de Vitinha, apesar das boas exibições do jovem portista. Intocável no miolo continua Uribe. Na frente, deve manter-se tudo na mesma.

Onze provável do FC Porto: Marchesín; João Mário, Mbemba, Fábio Cardoso e Zaidu; Otávio, Uribe, Vitinha e Luis Díaz; Taremi e Evanilson.

Fonte: O Jogo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo