Benfica

António Melo dá estouro em direto na BTV e quer Benfica a olhar para dentro e atira: ‘clube de mansos

A BTV esteve a promover um programa especial, sobre um suposto prejuízo da Federação face ao Benfica. De acordo com o canal, está a ser preparado um ‘golpe’, que demonstra que a Federação está contra os encarnados. Além de um alegado benefício ao Sporting, na recontagem dos campeonatos, outros casos foram enumerados contra o Benfica.

No entanto, questionado sobre tudo o que se passa em redor dos encarnados, o ator António Melo não esteve com meias palavras. Tudo isso pode ser verdade, mas aquilo que ele quer mesmo é o Benfica a olhar para dentro e a preocupar-se com o que realmente importa: o clube.

“Tudo isto somado, eu acho que o Benfica deve olhar para dentro e perceber que não pode continuar a ser um clube de mansos. O clube, neste momento e de há anos a esta parte, é um clube de mansos. E não pode ser. Nós não podemos deixar que nos atropelem a dignidade, que nos suguem a alma e que nos tirem aquilo que sempre foi nosso, que é o sermos o maior clube português, com mais gente e o mais querido de todo o povo, de uma nação que é Portugal”, começou por responder o ator.

“Portanto, espero que nessas relações futuras, depois de todos esses casos que enumeraste, que haja, da parte do Benfica, de quem representa como atleta, de quem o apoia nas bancadas e de quem o dirige uma atuação firme e na defesa inabalável daquilo que são os interesses do Benfica. Isso é o que eu espero, que todos esses ataques e todas estas atrocidades, que são diariamente atiradas para o Benfica, provoquem uma reação enérgica à Benfica. Porque o que nos está a faltar é reagir à Benfica”, disse o ator, antes de apontar para um exemplo concreto, com críticas à arbitragem e à reação suave dos encarnados:

“Nós não podemos sofrer um golo ilegal em casa [com o Moreirense] e ninguém sai do banco para pressionar aquela gente. Nós não podemos ser roubados como somos e ficar quietos, mansos, a olhar, à espera que tudo se resolva. Nós temos que ser ativos e proativos. Dentro das medidas do razoável, mas enérgicos. Não é entrar dentro de campo ou chegar o fogo a cidades. É ter uma atitude à Benfica”, disse o comentador, incentivando as hostes e apontando o que está a faltar aos encarnados.

António Melo foi ainda mais longe na crítica, dizendo que falta união e perceber “o que é que eu posso dar ao Benfica, não é ficar à espera do que é que o Benfica me dá”, atirou o ator, antes de apontar diretamente: “mas é toda a gente, desde o que apoia, ao que dirige e ao que joga”.

“É isso que nos está a faltar, está-nos a faltar Benfica. Está-nos a faltar alma. E a alma é aquilo que sempre nos diferenciou de todos os outros clubes”, concluiu o ator António Melo, num recado direcionado para dentro do Benfica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo