Benfica

ÚLTIMA HORA ENTREVISTA: Nelson Veríssimo Quando o presidente fala temos de ter reação, saiba mais

Nélson Veríssimo faz a antevisão ao Tondela-Benfica, jogo da 21.ª jornada, mas foram as palavras do presidente Rui Costa, no final da derrota com o Gil Vicente, que marcaram a conversa com os jornalistas.

 

O presidente deu uma mensagem de aviso, sente que os jogadores responderam? «Quando o presidente manifesta opinião sobre o momento da equipa, todos ouvimos com atenção; temos de ter reação. Sublinhou o que no final do jogo estávamos a sentir, a frustração por não conseguirmos ganhar em nossa casa; transportámos as ideias do presidente para a semana de trabalho, sabemos as responsabilidades que temos.»

 

Foi uma preparação mais emocional? O que falta para desbloquear a equipa? «A preparação emocional é ganhar os jogos, isso dá conforto e confiança, não ganhar pode colocar dúvidas. A equipa está a precisar. Não chega, temos de olhar para o que está e não está bem, é o que temos feito. Reconhecemos que os últimos resultados não são positivos, mas é preciso saber porquê. Fizemos essa análise nestes últimos dias. Temos sentido resposta positiva e vontade de a dar amanhã.»

 

Derrotas com Gil Vicente e Sporting, como motivar? «Acima de tudo os jogadores sabem a dimensão do clube que representam, que não é compatível com os últimos dois resultados que tivemos. Temos de assumir isso, aceitar essa responsabilidade e a motivação que temos é representar o clube e saber que único caminho é ganhar.»

 

Que Tondela espera? «A resposta que temos de dar é ganhar. Fizemos análises, sabemos o que aconteceu, trabalhámos sobre o que não esteve bem e agora orientar atenção para Tondela. É uma equipa com ideia de jogo bem definida, pode causar desequilíbrios, tem a sua qualidade e está a tentar somar pontos para estar mais confortável. Sabemos o que temos de fazer para melhorar e dar resposta positiva.»

Fonte: Abola.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo