Porto

ÚLTIMA HORA: Sérgio Conceição Record, as vitórias servem para ganhar títulos não para as festejar, saiba mais

Sérgio Conceição mostrou-se satisfeito com o triunfo (2-0) em Arouca em vésperas de receber o Sporting, no Dragão. Esse jogo poderá ser decisivo nas contas finais do campeonato mas também representar, em caso de vitória dos dragões, um marco histórico: se vencer, o FC Porto chegará às 17 vitórias consecutivas na Liga, ultrapassando o recorde de André Villas-Boas, em 2010/11, mas Sérgio Conceição não se deixa levar por estatísticas.

 

«Esse recorde é algo que faz sentido se ganharmos o campeonato em maio. As vitórias servem para ganhar títulos e não para as festejar», disse, já depois de ter falado sobre o jogo, do qual gostou mais da segunda do que da primeira parte.

 

«É sempre difícil jogar em Arouca e, como puderam perceber, o relvado não estava fácil. Defrontámos uma equipa organizada, agressiva, com grande intensidade, sempre com muitos duelos e houve pouca espetacularidade, tivemos poucos lances no último terço. Sabíamos que a qualquer momento podíamos chegar com perigo, tivemos um golo anulado mas não criámos tanto, mais por mérito da organização do Arouca do que demérito nosso. Na segunda parte entrámos de maneira diferente, mais fortes, a conseguir logo o golo e podíamos até ter ampliado a vantagem mas acho que, pelo que o Arouca fez, seria injusto e exagerado», realçou à Sport TV.

 

Quase dois meses depois, Pepe voltou à titularidade e os dragões não sofreram golos: «Não se deve a um jogador mas sim ao trabalho de um coletivo e da organização dos setores. A solidez defensiva é essencial para ganharmos jogos e, hoje, achei que e era importante o Pepe entrar de início. Para o Sporting? Veremos, a preparação vai começar já hoje», concluiu o técnico dos dragões.

Fonte: Abola.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo