Porto

ÚLTIMA HORA: Conceição: «Já vi árbitros responderem a jogadores mas a insultar como aconteceu em Braga, saiba mais

Sérgio Conceição considerou esta sexta-feira “uma vergonha” o inquérito instaurado ao Portimonense, depois da derrota diante do FC Porto, por 7-0.

“Em relação ao Paulo, as pessoas que andam neste meio têm as suas prioridades e os seus temas mais importantes. O meu é preparar a equipa para ganhar, mas acho que é uma vergonha esse inquérito que se abriu a um treinador e a uma equipa. É o espelho e a imagem do futebol português, há muita gente que vai atrás do que é falado diariamente, não de uma forma genuína, mas sim para atacar. Sinceramente tenho assistido a coisas na minha vida que têm atingido um nível muitíssimo baixo. Já vi algumas vezes durante a minha longa carreira árbitros a responderem a jogadores, mas a insultar, como aconteceu em Braga… literalmente a chamar enganador ao Taremi, a dizer ao Francisco: ‘então este ano não caíste?’. Aqui não tem a ver com honestidade intelectual do árbitro, que não conheço pessoalmente. Acho que foi feito um resumo dos anos que vivi com este árbitro. Teve sempre azar contra o FC Porto. Eu não fui expulso, não levei amarelo sequer, não sei porque é que o meu comportamento tem sido tão badalado. Se eu tivesse feito alguma coisa, expulsava-me na hora. É um dos temas que vem à baila, mas já estou habituado.”

E prosseguiu: “Olho para o relatório e não há como contrariar: eles estão num pedestal que é muito difícil contrariar e viu-se com o Pepe. Não há qualquer imagem, não há hipótese. Verdade ou inverdade, é aceite e prevalece. Não há maneira de nos defendermos, mas espero que o presidente do Sindicato de Jogadores possa defendê-los. O comportamento do engenheiro Luís Gonçalves e do Sérgio Conceição é que é importante. Há muita coisa que é dita consoante as prioridades das pessoas. Contra tudo isso, vamos fazer tudo para ganhar”.

Por: Record.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo