Porto

Pinto da Costa: Banca portuguesa fechou as portas e tentou asfixiar os clubes, saiba mais

Presidente do FC Porto elogiou Parceiro do Ano, o banco alemão IBB, ao mesmo tempo que deixou reparos à banca nacional

Pinto da Costa deixou rasgados elogios ao Internationales Bakhaus Bodensee AG (IBB), banco alemão que no ano passado recebeu o Dragão de Ouro para Parceiro do Ano. No ato de entrega da distinção a Heike Kemmner, administradora da organização germânica, o presidente portista aproveitou para deixar críticas à banca nacional.

“Para nós tem um grande significado, pois o IBB foi precioso para nós e nós fomos o primeiro cliente internacional do banco, que hoje tem dezenas, o que prova que tudo correu bem e levou-os a expandir por esse mundo fora. Para nós é um grande prazer ter este parceiro, porque num momento em que a banca portuguesa fechou as portas e tentou asfixiar os clubes, foi o IBB que nos permitiu manter a atividade nesse período difícil. Estamos sempre gratos ao banco e este Dragão de Ouro tem para nós um significado muito especial por ter sido atribuído com tanta justiça como foi. Naturalmente que também fico feliz por ver a importância e o carinho com que os representantes do IBB, nomeadamente a presidente, sentiram o nosso reconhecimento mais do que merecido. As vitórias do FC Porto, de há uns anos para cá, têm sempre um bocadinho do IBB. Quando estamos de parabéns, o IBB também está de parabéns”, disse Pinto da Costa na cerimónia, no Estádio do Dragão.

Já Heike Kemmner destacou a “honra” que sentiu pela entrega do galardão e revelou que os funcionários do banco seguem os jogos do FC Porto na Champions: “É uma grande honra que tenham votado em nós para recebermos este Dragão de Ouro. Os funcionários do banco estão muito orgulhosos e felizes. É algo grande para nós, pois é a primeira vez que recebemos um prémio de um parceiro. Sendo esse parceiro o FC Porto, é maravilhoso para nós. Aproveito para dar os parabéns ao FC Porto pelo 30.º campeonato e para dizer que os nossos funcionários estão sempre a acompanhar a equipa quando joga na Liga dos Campeões.”

Por: Record.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo