Porto

ÚLTIMA HORA: Sérgio Conceição : Podemos e devemos fazer mais, saiba mais

Treinador esteve com Fábio Cardoso e Taremi no Centro de Reabilitação do Norte

Sérgio Conceição, Fábio Cardoso e Mehdi Taremi estiveram esta segunda-feira no Centro de Reabilitação do Norte (CRN), em Valadares, a distribuir autógrafos e sorrisos num convívio com funcionários, pacientes e respetivos familiares. No final, os três elementos do FC Porto destacaram a importância deste tipo de eventos, com o treinador a lembrar que a solidariedade é algo que não se deve limitar à época natalícia. 

“É extremamente importante, porque estamos num espaço que têm muitas crianças que sentem muito estas visitas, como nós também sentimos. Nós, falo das figuras mais mediáticas, acho que nos faria bem fazer isto durante o ano todo. Eu faço a minha parte, sinceramente faço a minha parte, e espero que os outros possam fazer a sua da melhor forma. Não nos custa nada e não estamos aqui a perder tempo, estamos a ganhar algo que é muito importante e que faz tão bem a tanta gente. Um pequeno gesto, estar presente, conversar um bocadinho… é extremamente importante lembrarmo-nos que, não só nesta época mas em todo o ano, podemos e devemos fazer mais. Nunca neguei nenhum tipo de ação relacionada com isto, com tentar dar um pouquinho da nossa presença, afeto, solidariedade, palavras amigas com os pais e trabalhadores que tanto fazem e eu tanto admiro. Passarem aqui tantas horas a ajudar estas crianças é de louvar e temos de dar este pequeno apoio que é fundamental fazermos mais vezes”, referiu Sérgio Conceição. 

Já Fábio Cardoso vincou que este tipo de iniciativas não é só bom para quem é visitado. “É muito importante, não só para as crianças como também para nós. Devíamos fazer isto mais vezes, porque dá-lhes força a eles e dá-nos força a nós. É sempre bom conhecer a realidade e saber como podemos ajudar, porque temos todo o gosto em fazê-lo, em dar ânimo e força nos momentos bons e menos bons. São iniciativas muito positivas. É importante sermos fortes, encarar a vida de forma positiva, termos noção de que há momentos menos bons mas que, com força, carinho, amizade, gestos destes e com a família tudo conseguimos ultrapassar. É essa a mensagem que quero transmitir”, considerou o central. 

Por fim, Taremi reconheceu que participar neste tipo de iniciativas é o mínimo que os jogadores podem fazer depois de tanto apoio que recebem nos jogos. “Isto é o melhor que fazemos. Recebemos apoio das pessoas durante os jogos, mas a maioria dos nossos adeptos está fora dos estádios. Estas pessoas vibram connosco através da televisão e estamos-lhes muito gratos por isso. Precisamos deles, da motivação que nos transmitem e deste tipo de ações. Devemos tê-las mais vezes, são essenciais para a equipa e para manter a moral de todos. Procuramos ajudar as pessoas a serem mais felizes e fazemos o nosso melhor por isso. Desejo o melhor a todos, espero que recuperem o mais rapidamente possível e rezo por eles. Se puder fazer algo que contribua para isso, eu farei. São como nós, devemos preocupar-nos com eles mais do que com outros. Gostamos muito de todos aqui e espero que o futuro lhes reserve coisas boas”, atirou o ponta-de-lança. Por Record

Fonte e publicado por: record.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo